Notícias

Quando a cirurgia está indicada para a resolução da obstrução nasal?

A cirurgia está indicada nos casos em que alterações anatômicas estão presentes, como na atresia de coana, hipertrofia de adenoides e no desvio de septo; quando massas tumorais benignas ou malignas obstruem a fossa nasal dificultando a respiração, como nas meningoceles, gliomas, cistos dermoides, pólipos coanais, nasoangiofibromas, papilomas, estesioneuroblastomas entre outros; quando há falha no tratamento clínico como na rinite, na rinossinusite crônica sem e com polipose nanossinusal para a desobstrução do óstio de drenagem dos seios paranasais, nas mucoceles, entre outros.

Como é realizado o tratamento do paciente com obstrução nasal?

O tratamento deve ser realizado após o diagnóstico correto ser instituído. Dessa forma, dependendo da natureza do problema, os pacientes podem receber somente orientações, tratamento medicamentoso ou tratamento cirúrgico.

Qual a diferença clínica entre gripes, resfriados, rinites e rinossinusites?

Os sintomas da gripe e do resfriado podem ser semelhantes, sendo que, nos casos da gripe, há um acometimento maior do estado geral do paciente. Dessa forma, geralmente se iniciam com uma dor na garganta, evoluem com obstrução nasal, coriza, comprometimento da olfação e febre baixa. Na gripe, a dor no corpo é mais intensa, podendo ser associada à dor na cabeça. O edema das estruturas nasais gera bloqueio dos óstios de drenagem dos seios, e o paciente pode ter sintomas de dor e congestão facial. Assim, a gripe e o resfriado comum podem também ser definidos como rinossinusite viral. Geralmente se resolvem espontaneamente em sete a 10 dias.

Quando há persistência ds sintomas por mais de 10 dias ou piora do quadro inicial em, aproximadamente, cinco dias, o quadro passa a ser definido como uma rinossinusite aguda bacteriana, e o paciente deve apresentar, pelo menos, dois dos dintomas citados a seguir, sendo que, pelo menos, um dos seguintes sintomas deve estar presente: obstrução/congestão nasal e/ou rinorreia anterior ou posterior; associados ou não à alteração do olfato e à dor facial.

A rinite não tratada pode passar a impressão ao paciente de que está "sempre gripado". Os sintomas principais são obstrução nasal, coriza, prurido nasal, prurido ocular e espirros.

Quais as causas mais frequentes de obstrução nasal?

Infecções do Trato Respiratório Superior, como gripes e resfriados, são muito frequentes, podendo ocorrer de três a cinco vezes por ano em um adulto saudável e de seia a 10 vezes por ano numa criança saudável. A Rinite Alérgica acomete cerca de 30% da população, sendo grande responsável pelo sintoma. Enquanto na infância, a hipertrofia adenoideana é um achado frequente, nos adultos, o desvio septal passa a ter maior importância.

Newsletter

Cadastre-se abaixo e receba nosso informativo.


2010. Todos os direitos reservados. www.otorrinosrecife.com.br
Rua Jornalista Trajano Chacon, 305 Ilha do Leite - Recife/PE - Tel: (81) 3414.7400